December 26, 2017 / 9:01 PM / 10 months ago

Preço do petróleo nos EUA atinge US$60 pela 1ª vez desde meados de 2015

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram nesta terça-feira para máximas de dois anos e meio nos Estados Unidos e tocaram o patamar de 60 dólares, impulsionados por notícias de uma explosão em um oleoduto na Líbia, bem como por cortes de produção voluntários liderados pela Opep.

Equipamento de perfuração e sondas em campo perto de Sweetwater, no Texas 04/06/2015 REUTERS/Cooper Neill

Homens armados explodiram um oleoduto que transportava petróleo ao porto de Es Sider nesta terça-feira, cortando a produção de petróleo da Líbia em até 100 mil barris por dia, segundo fontes do mercado de petróleo e militares.

A estatal National Oil Corporation (NOC) disse em nota que a produção havia sido reduzida entre 70 mil barris e 100 mil barris por dia. A causa da explosão não estava clara, acrescentou.

A produção do país norte-africano estava se recuperando nos últimos meses após ficar limitada durante anos em meio ao conflito armado e tensões.

O petróleo Brent, a referência internacional para os preços do petróleo, encerrou a 67,02 dólares por barril, alta de 1,77 dólar ou 2,71 por cento. Durante a sessão, os preços tocaram uma máxima de 67,10 dólares por barril, seu maior nível desde meados de maio de 2015.

O petróleo dos EUA subiu 1,50 dólar, ou 2,6 por cento, e encerrou a 59,97 dólares por barril, após tocar a máxima da sessão a 60,01 dólares, maior nível desde fim de junho de 2015.

Por Devika Krishna Kumar; reportagem adicional de Alex Lawler e Henning Gloystein

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below