January 2, 2018 / 2:33 PM / 5 months ago

BP reconhecerá baixa de US$1,5 bi após mudança tributária nos EUA

Por Ron Bousso

LONDRES (Reuters) - A petroleira britânica BP (BP.L) reconhecerá uma baixa única de 1,5 bilhão de dólares em seus ganhos no quarto trimestre de 2017 como resultado das novas regras de imposto de renda para empresas nos Estados Unidos.    

A empresa britânica de petróleo e gás disse nesta terça-feira que o corte no imposto sobre o rendimento das empresas dos EUA, de 35 para 21 por cento, deve afetar positivamente os lucros nos EUA no longo prazo.

Mas, a curto prazo, as taxas de imposto mais baixas tendem a afetar seus ativos e passivos fiscais diferidos, resultando em uma cobrança única de 1,5 bilhão de dólares para os resultados do quarto trimestre, que deverão ser anunciados em 8 de fevereiro, afirmou a BP.

“O impacto final da mudança na taxa de imposto sobre o lucro das empresas dos EUA está sujeito a uma série de disposições complexas na legislação, a qual a BP está revisando”, afirmou a companhia britânica em comunicado.

Ativos fiscais diferidos referem-se, em alguns casos, a uma empresa pagando demais os impostos antecipadamente e depois recuperando-os sob a forma de alívio fiscal.    

A BP tem grandes operações de produção de petróleo e gás no Golfo do México e operações de “shale onshore”, bem como refinarias que podem processar até 746 mil barris por dia de petróleo, de acordo com seu site.

    Reportagem adicional de Arathy S Nair, em Bangalore

    0 : 0
    • narrow-browser-and-phone
    • medium-browser-and-portrait-tablet
    • landscape-tablet
    • medium-wide-browser
    • wide-browser-and-larger
    • medium-browser-and-landscape-tablet
    • medium-wide-browser-and-larger
    • above-phone
    • portrait-tablet-and-above
    • above-portrait-tablet
    • landscape-tablet-and-above
    • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
    • portrait-tablet-and-below
    • landscape-tablet-and-below