January 10, 2018 / 1:21 PM / 4 months ago

Tempestade ameaça principal terminal portuário para minério na Austrália

SYDNEY (Reuters) - Navios podem ter de deixar o porto australiano Hedland, o maior terminal de exportação de minério de ferro do mundo, já na quinta-feira, como uma precaução de segurança devido a uma tempestade tropical, informou nesta quarta-feira o gerente da autoridade portuária de Pilbara.

A autoridade disse que o Porto Hedland pode começar a retirar navios na manhã de quinta-feira, se a tempestade tropical se transformar em um ciclone, durante a noite.

O Porto Hedland é usado por três dos quatro principais produtores de minério de ferro da Austrália —BHP,, Fortescue Metals Group e Gina Rinehart’s Hancock Prospection.

Um risco significativo permanece, uma vez que a tempestade pode se transformar em ciclone tropical severo no início da sexta-feira, trazendo rajadas de vento destrutivas de até 130 km por hora para áreas costeiras no noroeste da Austrália, disse o Departamento Australiano de Meteorologia.

A região abriga muitas das maiores minas de minério de ferro do mundo. O Porto Hedland, no mês passado, exportou mais de 41 milhões de toneladas, quase todas destinadas a usinas siderúrgicas chinesas.

Todos os anos, os ciclones fecham os canais de transporte e interrompem a mineração de milhões de toneladas de minério de ferro, além de carvão, produtos cruciais para a economia australiana dependente das exportações.

Por James Regan

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below