January 16, 2018 / 2:11 PM / 8 months ago

Usiminas vai elevar preços de aço na distribuição em 13% a partir do dia 19, diz fonte

SÃO PAULO (Reuters) - A Usiminas comunicou distribuidores de aços planos do país sobre aumento de 13 por cento nos preços de todos os seus produtos a partir de sexta-feira, acompanhando reajustes recentes anunciados por rivais.

Segundo fonte do mercado siderúrgico, o reajuste da Usiminas ocorre após altas de 12 por cento promovidas pela CSN e ArcelorMittal Brasil no início do mês. Procurada, a Usiminas não comentou o assunto.

Os reajustes acontecem enquanto as siderúrgicas elevam em mais de 20 por cento os preços de aço em contratos de longo prazo com montadoras de veículos, que projetam novo crescimento de vendas no mercado interno neste ano.

No início do mês, a CSN informou que fechou acordo para elevar em 23 por cento o preço do aço que vende a montadoras de veículos. Além disso, a empresa elevou os preços para grandes clientes industriais em 18 a 23 por cento.

Os reajustes surgem também num momento em que o setor siderúrgico tenta destravar na Câmara de Comércio Exterior (Camex) sobretaxa sobre importações de aços planos laminados a quente vindas da Rússia e da China, em decisão que pode ser emitida pelo órgão na quinta-feira.

Nesta terça-feira, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que integra o conselho de ministros da Camex, afirmou a jornalistas que sua pasta pretende votar contra a imposição de sobretaxas, citando receio de eventuais represálias da China aos produtos agrícolas do Brasil.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below