January 24, 2018 / 9:17 AM / 8 months ago

Empresas da zona do euro iniciam 2018 na máxima em uma década, mostra PMI

LONDRES (Reuters) - As empresas da zona do euro iniciaram o ano com um desempenho muito melhor do que as expectativas, acelerando a atividade no ritmo mais rápido desde meados de 2006, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) divulgada nesta quarta-feira.

A melhora foi direcionada pelo forte desempenho no dominante setor de serviços do bloco, em que as novas encomendas aumentaram a uma taxa que não era vista há mais de uma década. Isso vai animar o Banco Central Europeu no momento em que avança na direção de uma política monetária mais apertada.

O PMI Composto Preliminar do IHS Markit para a zona do euro saltou a 58,6 neste mês, nível mais alto desde junho de 2006 e contra expectativa em pesquisa da Reuters de queda para 57,9 após leitura em dezembro de 58,1.

Leitura acima de 50 indica crescimento e o dado preliminar ficou acima de qualquer estimativa dada pelos 33 economistas consultados pela Reuters.

“O que não há para gostar —essa é uma coleção de leituras realmente fortes. É um início ótimo de ano para a zona do euro”, disse Chris Williamson, economista-chefe do IHS Markit.

O PMI do setor de serviços subiu a 57,6 de 56,6 em dezembro, superando a expectativa de 56,4 e chegando ao nível mais alto desde agosto de 2007.

Já o indicador da indústria caiu a 59,6 em janeiro de 60,6 no mês anterior e expectativa de 60,3.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below