January 25, 2018 / 10:49 AM / 10 months ago

Brexit pode levar JP Morgan a transferir mais de 4 mil empregos do Reino Unido

LONDRES (Reuters) - O JPMorgan pode transferir mais de 4 mil empregos do Reino Unido, se as negociações do Brexit resultarem em uma divergência de regulações e acordos comerciais entre o país e a União Europeia (UE), disse nesta quinta-feira o presidente-executivo do banco norte-americano, Jamie Dimon.

“Se eles determinarem que você não pode ter reciprocidade comercial e regulatória... Seria mais de 4 mil”, afirmou Dimon em entrevista à BBC durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

Dimon hesitou no passado em dizer quantos empregos o JP Morgan moveria, já que suas estimativas consideram as mudanças em perspectivas do Reino Unido assegurar um acordo que dê às instituições financeiras contínuo acesso aos mercados europeus.

Após afirmar na sequência do referendo realizado em junho de 2016 sobre a saída do Reino Unido da UE que cerca de 4 mil vagas seriam transferidas, Dimon afirmou em abril do ano passado em carta aos acionistas que provavelmente moveria menos empregos para centros financeiros na Europa.

Cerca de 10 mil empregos do setor financeiro serão retirados do Reino Unido ou criados no exterior nos próximos anos, se o país tiver acesso negado ao mercado único europeu, apontou pesquisa da Reuters em setembro.

Por Lawrence White

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below