January 26, 2018 / 11:41 AM / in 4 months

Com chegada do frio, elétricas chinesas alertam sobre cortes de aquecimento e eletricidade

PEQUIM (Reuters) - Quatro das principais empresas de energia elétrica da China disseram ao governo que algumas regiões irão enfrentar cortes de aquecimento e eletricidade por conta de uma oferta mais escassa de carvão antes do Ano Novo Lunar, no mais recente sinal de que a crise de aquecimento no inverno do país pode se aprofundar.

As empresas State Power Investment Corp (SPIC), China Datang Corp, China Huaneng Group e China Huadian Corp pediram ao governo em uma carta que Pequim aumente o fornecimento de carvão e contenha uma disparada dos preços.

A carta, vista pela Reuters, foi enviada à Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC), com data de 22 de janeiro. Uma fonte próxima ao assunto confirmou a autenticidade do documento.

A NDRC não estava imediatamente disponível para comentários.

“Se os estoques de carvão não aumentarem para um nível razoável até o Festival de Primavera, então será muito difícil lidar com a queda nas temperaturas em algumas regiões-chave e com a demanda por aquecimento de inverno”, informou a carta.

Algumas empresas de energia possuem somente suprimentos para dois a três dias, segundo a carta, enquanto outras estão sendo impactadas por um grande aumento em taxas de transporte ferroviário.

O Festival de Primavera, também conhecido como Ano Novo Chinês ou Lunar, começa em meados de fevereiro deste ano. O feriado de uma semana é o mais longo do calendário chinês.

“Algumas elétricas estão relutantes em comprar carvão e estão esperando as mineradoras cortarem preços”, disse o analista Cheng Gong, da Associação de Carvão da Nação Chinesa.

Os preços futuros do carvão subiram quase 10 por cento neste ano, ampliando uma sequência de altas que já dura meses, conforme as elétricas lutam por suprimentos nesta semana para lidar com uma demanda crescente por conta da frente fria que passa pelo norte do país.

Empresas de energia estão sob pressão neste inverno particularmente por conta da baixa oferta de gás natural, após Pequim ordenar que milhões de casas e algumas fábricas no norte da China trocassem aquecimento de carvão para gás como parte de sua guerra à poluição.

A geração de energia elétrica diária na China atingiu um recorde para o inverno na quinta-feira, de 20,1 bilhões de kilowatts-hora, alta de 15 por cento ante um ano atrás, devido à maior demanda para aquecimento de residências.

Reportagem de Muyu Xu e Josephine Mason; Reportagem adicional de Judy Hua

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below