February 2, 2018 / 2:02 PM / in 7 months

Criação de vagas nos EUA acelera em janeiro e crescimento salarial anual é o mais forte desde 2009

WASHINGTON (Reuters) - A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos avançou em janeiro e os salários cresceram ainda mais, registrando o maior ganho anual em mais de oito anos e meio e ampliando as expectativas de que a inflação vai acelerar neste ano com o mercado de trabalho atingindo o pleno emprego.

A economia norte-americana abriu 200 mil vagas de emprego fora do setor agrícola no mês passado, contra 160 mil vagas em dezembro, informou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira.

A taxa de desemprego permaneceu na mínima de 17 anos, de 4,1 por cento. A renda média por hora avançou em janeiro 9 centavos, ou 0,3 por cento, para 26,74 dólares, depois do sólido ganho de 0,4 por cento em dezembro.

Isso levou o aumento da renda média por hora na comparação anual a 2,9 por cento, a maior desde junho de 2009, de 2,7 por cento em dezembro.

Os trabalhadores, entretanto, tiveram menos horas de trabalho no mês passado. A jornada semanal média de trabalho caiu para 34,3 horas, a mais curta em quatro meses, de 34,5 horas em dezembro.

O forte relatório de emprego destacou a força da economiano início do ano. Economistas dizem que os ganhos de emprego estão sendo provocados pela forte demanda doméstica e global.

Dado que o mercado de trabalho está quase em pleno emprego, ecnomistas viram pouca influência sobre a criação de vagas do pacote de cortes tributários da administração Trump aprovado pelo Congresso dos EUA em dezembro, na maior reforma do código tributário em 30 anos.

Economistas consultados pela Reuters projetavam criação de 180 mil vagas de trabalho fora do setor agrícola no mês passado, com a taxa de desemprego permancendo em 4,1 por cento.

A economia precisa criar de 75 mil a 100 mil vagas por mês para acompanhar o crescimento da população em idade de trabalhar.

A criação de vagas deve desacelerar este ano uma vez que o mercado de trabalho se aproxima do pleno emprego. As empresas citam cada vez mais dificuldades em encontrar trabalhadores qualificados, o que, segundo economistas, forçará algumas a aumentar de forma significativa os salários.

O crescimento do salário no mês passado deveu-se provavelmente a aumentos no salário mínimo, que entrou em vigor em 18 Estados em janeiro. Também deve ter ganhado com o corte tributário.

Autoridades do Fed demonstraram na quarta-feira otimismo de que a inflação subirá para a sua meta este ano. As autoridades, que decidiram manter os juros, descreveram o mercado de trabalho como tendo “continuado a se fortalecer”, e a atividade econômica como “subindo a uma taxa sólida”.

Os mercados financeiros esperam uma alta dos juros em março. O baco central norte-americano prevê três altas dos juros este ano.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below