February 6, 2018 / 5:29 PM / 10 months ago

Ações europeias atingem mínima de seis meses com volatilidade agitando mercados

MILÃO (Reuters) - Os principais índices acionários europeus atingiram seu nível mais baixo desde agosto de 2017 nesta terça-feira diante da onda de vendas generalizadas globais, com aumento da volatilidade em meio às crescentes preocupações sobre a inflação e os rendimentos dos títulos.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 2,5 por cento, a 1.463 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 2,41 por cento, a 373 pontos.

Todos os índices setoriais ficaram território negativo, levando o STOXX 600 a cair pela sétima sessão seguida, enquanto o índice de volatidade do STOXX registrou alta de 60 por cento, seu maior ganho porcentual diário da história.

“As movimentações dos preços são claramente direcionadas por fatores técnicos, ligados ao brutal despertar da volatilidade acionária”, disse o chefe de gerenciamento de ativos da JCI Capital Ltd Alessandro Balsotti. “Estamos sem dúvida em águas não navegadas.”

Wall Street recuou ao redor de 4 por cento na véspera, mas suas perdas eram limitadas nesta terça-feira, com o Dow Jones caindo 0,6 por cento e o S&P 500 recuando 0,9 por cento.

A forte venda foi seguida de um relatório do mercado de trabalho norte-americano mais forte do que o esperado, na semana passada, que elevou as preocupações sobre a inflação e de que o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, elevará as taxas de juros num ritmo mais rápido do que o esperado.

Embora o abrupto declínio em Wall Street de suas máximas históricas tenha se espalhado para outros mercados, alguns investidores acreditam que as ações europeias poderiam ter performance melhor que as norte-americanas, já que os ciclos de política econômica e monetária da região estão em fase menos madura.

Entre os setores com maiores quedas estava o bancário, com recuo de 2,8 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 2,64 por cento, a 7.141 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 2,32 por cento, a 12.392 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 2,35 por cento, a 5.161 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 2,08 por cento, a 22.347 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 2,53 por cento, a 9.810 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,46 por cento, a 5.326 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below