February 7, 2018 / 12:25 PM / 10 months ago

Moody's vê compra de terras e floresta pela Suzano como positiva para rating

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de riscos Moody’s vê a aquisição de terras e florestas pela Suzano Papel e Celulose como positiva para seu rating.

No início da semana, foi anunciado o acordo da Suzano com a fabricante de louças, componentes metálicos e painéis de madeira Duratex para compra de terras e florestas na região central do Estado de São Paulo, em operação que pode movimentar mais de 1,06 bilhão de reais.

“A aquisição é positiva porque ampara a estratégia da Suzano de garantir ativos florestais para suas operações e mantendo a competividade de custo, sem ameaçar suas métricas de crédito. A Suzano pode pagar pela aquisição inteiramente em dinheiro, sem aumentar as métricas de alavancagem”, disse a Moody’s em comunicado nesta quarta-feira.

A classificação atual da Moody's para a Suzano é Ba1, com perspectiva negativa. (here)

O acordo com a Duratex envolve numa primeira etapa a compra de 9,5 mil hectares de terra e de 1,2 milhão de metros cúbicos de florestas por 308,1 milhões de reais.

A Suzano terá ainda a opção de comprar um outro lote de cerca de 20 mil hectares até 2 de julho deste ano, por 749,4 milhões de reais. Nesse caso, o volume de florestas é de 5,6 milhões de metros cúbicos. Se a compradora exercer essa opção, a Duratex terá mais um lucro extraordinário de 360 milhões de reais.

Nesta quarta-feira, o HSBC elevou o preço-alvo das ações da Duratex para 12,50 reais, ante 12 reais.

Por Flavia Bohone

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below