February 8, 2018 / 7:15 PM / 7 months ago

União Europeia aplica taxas de importação sobre aço resistente à corrosão da China

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia estabeleceu taxas de importação sobre o aço chinês resistente à corrosão para combater o que diz serem preços injustamente baixos, a mais recente em uma série de medidas contra produtos chineses e aço em particular.

A tributação varia de 17,2 a 27,9 por cento, muito semelhantes às tarifas provisórias estabelecidas em agosto, disse o diário oficial da UE nesta quinta-feira.

As novas taxas sobre o produto, utilizados em construção, engenharia mecânica, em tubos soldados e aparelhos domésticos, serão aplicadas por cinco anos.

A Comissão Europeia, que é responsável pela política comercial do bloco, abriu uma investigação em dezembro de 2016 na sequência de uma reclamação da associação siderúrgica europeia, Eurofer.

A UE possui agora 53 conjuntos de medidas em vigor sobre produtos de aço e ferro, 27 deles em produtos provenientes da China.

O Ministério do Comércio da China disse que estava muito insatisfeito com a imposição de impostos e que as taxas estavam infladas. A solução para preocupações do setor, como o excesso de capacidade, foi ação conjunta de todos os países, e não medidas unilaterais, afirmou.

A participação da China no mercado europeu de aço resistente à corrosão passou de 10 por cento em 2013 para cerca de 20 por cento em 2016 e os preços chineses caíram mais do que a redução nos custos das matérias-primas, disse o diário oficial da UE. O valor do mercado do bloco é de cerca de 4,6 bilhões de euros por ano.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below