March 19, 2018 / 12:47 PM / 7 months ago

Cade aprova joint venture entre Amil e Dasa para clínicas populares

SÃO PAULO (Reuters) - A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a formação de uma joint venture formada por Amil e Diagnósticos da América (Dasa) para explorar o mercado de clínicas populares, segundo despacho publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.

Cada empresa terá 50 por cento da joint venture, denominada Clinijá, que vai operar, inicialmente, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Duque de Caxias (RJ).

Segundo o Cade, Amil e Dasa são entrantes no segmento de clínicas populares, setor sem precedentes analisados pela autarquia.

“Entretanto, a Federal Trade Commission (FTC), em uma investigação citada pelas partes envolvendo ‘retail clinics’, equivalentes às clínicas populares no Brasil, considerou que as atividades das retail clinics não seriam intercambiáveis com outros serviços médico-hospitalares, pois não são equipadas para tratar a mesma gama de casos alcançada pelos cuidados básicos tradicionais”, disse o Cade.

Em sua decisão, o Cade informou que as potenciais sobreposições da operação não levantam grandes preocupações concorrenciais e, portanto, “não há necessidade de um maior aprofundamento nos mercados relevantes potencialmente afetados pela operação em análise, notadamente no que diz respeito ao mercado relevante de clínicas populares, cuja definição mais precisa poderá ser explorada em maior profundidade em operações futuras, quando necessário”.

Por Flavia Bohone

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below