March 29, 2018 / 11:46 PM / 8 months ago

Caixa Econômica diz que investigações livram CEO Occhi de ilícitos

SÃO PAULO (Reuters) - A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira que duas investigações contratadas pelo próprio banco para apurar denúncias contra o presidente-executivo do banco estatal, Gilberto Occhi, concluíram pela inexistência de ilícitos.

Segundo a instituição, uma investigação independente feita pelo escritório de advocacia Pinheiro Neto e outra por meio de apuração interna pela Corregedoria da Caixa foram feitas a pedido do próprio Occhi, que abriu mão de seus sigilos bancário, fiscal e telefônico.

“Ao término dos trabalhos, e após examinar todos os documentos produzidos, as investigações externa e interna não encontraram quaisquer elementos que apontem condutas ilícitas relacionadas ao presidente”, afirma o comunicado.

Segundo o banco estatal, os relatórios foram encaminhados nesta quinta aos órgãos de controle e ao Ministério Público Federal.

Occhi, cotado para ser ministro da Saúde do governo do presidente Michel Temer, virou alvo de investigações após suspeitas de que ele agiu no banco para obter recursos para políticos do PP.

Por Aluísio Alves

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below