April 11, 2018 / 3:22 PM / a month ago

Guardia pede que Congresso Nacional apoie agenda econômica do governo

BRASÍLIA (Reuters) - O novo ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou nesta quarta-feira que sua gestão será pautada pelo “compromisso absoluto com disciplina fiscal” e já fez apelo para que o Congresso Nacional trabalhe na agenda econômica.

Novo ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, durante cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília 10/04/2018 REUTERS/Ueslei Marcelino

“Tenho convicção que o Congresso Nacional continuará a suportar a agenda de reformas em favor do crescimento econômico”, afirmou ele em discurso na cerimônia de transmissão de cargo, que contou com a presença do seu antecessor, Henrique Meirelles.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below