April 11, 2018 / 8:47 PM / 6 months ago

Ibovespa fecha em alta em sessão com noticiário corporativo intenso

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice acionário da B3 fechou em alta nesta quarta-feira, em dia de noticiário corporativo movimentado e com os ganhos do petróleo amparando mais uma sessão positiva para a Petrobras.

Pessoas olham para gráfico de flutuações de mercado na Bovespa, no centro de São Paulo, Brasil 09/05/2016 REUTERS/Paulo Whitaker

O Ibovespa fechou em alta de 0,87 por cento, a 85.245 pontos. O giro financeiro somou 9,998 bilhões de reais.

Apesar dos ganhos do pregão, o modo de cautela permanece no radar, principalmente diante das incertezas com o cenário político local e também com alguma tensão geopolítica global.

Localmente, o quadro eleitoral segue incerto, sem a consolidação de um nome de centro para disputar a Presidência da República.

“Ainda tem um cenário de indefinição muito forte e isso está gerando ansiedade por parte dos investidores”, disse o sócio analista da Eleven Financial Raphael Figueredo, acrescentando que embora o Ibovespa tenha engatado o segundo pregão de alta, ainda é cedo para afirmar uma tendência para o mercado.

No exterior, após o alívio da véspera com as declarações conciliadoras do presidente da China, o tom de cautela voltou a rondar os negócios depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, alertou a Rússia sobre uma iminente resposta de Washington para um suposto ataque químico na Síria, declarando que mísseis “estão a caminho”, e criticou Moscou por apoiar o presidente sírio, Bashar al-Assad.

DESTAQUES

- EMBRAER ON subiu 3,97 por cento, a 23,29 reais, o maior patamar de fechamento desde março de 2016, em meio à expectativa de avanço no acordo com a Boeing. O jornal O Globo informou que as empresas entregaram na véspera uma nova proposta de modelo de negócio ao grupo de trabalho montado pelo governo federal para avaliar a venda da fabricante brasileira à gigante americana.

- BRF ON avançou 5,28 por cento, em meio à expectativa pela mudança na liderança do conselho de administração da companhia, em assembleia prevista para 26 de abril.

- KROTON ON teve alta de 3,95 por cento, após a empresa criar holding com foco em ensino básico e anunciar sua primeira aquisição no segmento, com previsão de mais duas compras até o fim de 2018.

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON subiram 1,87 e 2,31 por cento, respectivamente, em dia de ganhos para os preços do petróleo no mercado internacional.

- ITAÚ UNIBANCO PN avançou 1,65 por cento e BRADESCO PN ganhou 2,34 por cento, ajudando a manter o viés positivo do índice devido ao peso relevante desses papéis.

- MRV ON caiu 4,24 por cento, após a empresa reportar prévia operacional do primeiro trimestre, com aumento de 13,7 das vendas contratadas ante igual período do ano passado. Já os lançamentos caíram 33,6 por cento no período. Segundo analistas do BTG Pactual, a prévia operacional dos três primeiros meses do ano mostrou dados sem direção comum, embora com números mais positivos do que negativos.

- MARFRIG ON perdeu 5,75 por cento, anulando os ganhos vistos no início do pregão e após subir quase 40 por cento nos dois pregões anteriores, na esteira do anúncio da compra da processadora de carne bovina norte-americana National Beef Packing Company por 969 milhões de dólares.

- VALE ON recuou 0,45 por cento, em sessão também negativa para os contratos futuros do minério de ferro na China.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below