April 18, 2018 / 12:43 AM / 5 months ago

Senadores dos EUA querem rever acordo da Marfrig para comprar empresa norte-americana

CHICAGO (Reuters) - Quatro senadores dos Estados Unidos pediram nesta terça-feira um painel de segurança nacional para analisar se a compra da National Beef Packing pela Marfrig, por aquisição por 969 milhões de dólares, coloca em risco a segurança do suprimentos de alimentos no país.

Os legisladores, membros do Comitê de Agricultura do Senado dos EUA, disseram em uma carta ao secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, que estavam preocupados que a Marfrig estava tentando comprar a National Beef após os EUA proibirem no ano passado a importação de carne bovina in natura do Brasil por preocupações de segurança.

Um representante da Marfrig não fez nenhum comentário imediato. A National Beef e o Departamento do Tesouro não puderam ser imediatamente localizados para comentar o assunto.

A Marfrig disse em 9 de abril que compraria o controle da National Beef, quarta maior processadora de carne bovina dos EUA, em um acordo que a tornaria na segunda maior processadora de carne bovina do mundo.

O comitê de agricultura do Senado não chegou a nenhuma conclusão sobre o acordo, segundo a carta a Mnuchin.

A chinesa Shuanghui, conhecida como WH comprou a processadora de carne suína Smithfield Foods em 2013 por cerca de 7,1 bilhões de dólares, incluindo dívidas. Na época, foi a maior aquisição de uma empresa dos EUA por uma empresa chinesa.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below