April 20, 2018 / 12:17 AM / a month ago

Engie Brasil Energia lucra 8,6% mais no 1° tri após assumir novas hidrelétricas

SÃO PAULO (Reuters) - A Engie Brasil Energia, da francesa Engie, teve lucro líquido de 489,3 milhões de reais no primeiro trimestre, alta de 8,6 por cento na comparação anual, apoiado em parte pela compra no ano passado das hidrelétricas de Jaguara e Miranda, recém-incorporadas ao portfólio da companhia.

A empresa, líder em geração entre os investidores privados no setor de energia do país, teve lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 1,046 bilhão no período, alta de 18,2 por cento ante mesmo trimestre de 2017.

A Engie pagou 3,5 bilhões de reais pela concessão das duas usinas, que antes pertenciam à Cemig, em leilão em setembro de 2017. Apenas a venda da produção das usinas no mercado regulado, para distribuidoras de energia, gerou receita de 112,6 milhões de reais no trimestre.

A Engie beneficiou-se ainda da possibilidade de negociar 30 por cento da energia dos empreendimentos no mercado livre de eletricidade.

Com isso, a receita operacional líquida da companhia avançou 16,5 por cento na comparação anual, para 1,87 bilhão de reais.

A dívida líquida da Engie fechou março em 5,8 bilhões de reais, alta de 375,4 por cento em 12 meses, principalmente devido a financiamento para pagar a compra de Jaguara e Miranda.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below