April 20, 2018 / 2:58 PM / a month ago

Apetite da Engie por Cesp dependerá de condições de edital de privatização, diz CFO

SÃO PAULO (Reuters) - A Engie Brasil Energia, da francesa Engie, está de olho no processo de privatização da geradora Cesp pelo governo paulista, previsto para este ano, mas uma participação da companhia no leilão da elétrica dependerá das condições do edital, ainda não divulgado, disse nesta sexta-feira o diretor financeiro da empresa, Carlos Freitas.

Logo da Engie em capacetes durante visita a usina eólica em Radenac, na França 03/10/2017 REUTERS/Stephane Mahe

“Está no nosso radar, sim, mas vai depender também muito das condições que o governo vai colocar no edital em relação aos passivos, vários, que existem na Cesp... vai depender de quão ‘complicado’ ou não virá o edital”, disse ele, durante teleconferência com investidores para comentar os resultados trimestrais da empresa.

A Engie Brasil Energia teve lucro líquido de 489,3 milhões de reais no primeiro trimestre, alta de 8,6 por cento na comparação anual, apoiado em parte pela compra no ano passado das hidrelétricas de Jaguara e Miranda, recém-incorporadas ao portfólio da companhia.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below