April 24, 2018 / 1:36 PM / 3 months ago

Membro do BCE alerta para ameaça protecionista dos EUA

LONDRES (Reuters) - A incerteza gerada pelas tarifas comerciais dos Estados Unidos já está prejudicando os investimentos na economia global e pode causar sérios danos ao crescimento mundial, disse nesta terça-feira o membro do Banco Central Europeu, François Villeroy de Galhau.

Os mercados financeiros e economistas ficaram assustados este ano com os movimentos do governo norte-americano de Donald Trump para aumentar as tarifas sobre países como a China.

“Estamos todos conscientes de que um agravamento das ameaças protecionistas dos EUA afetaria o crescimento em todos os lugares”, disse Villeroy de Galhau , que também é presidente do banco central da França, durante a conferência bancária em Londres.

Ele acrescentou que, de acordo com os cálculos do Banque de France, um aumento de 10 por cento nas tarifas reduziria o comércio mundial em dois dígitos e eliminaria mais de 2 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) global, a começar pelos Estados Unidos.

“Nós, europeus, ao lado de Canadá, Japão e outros, devemos defender as relações econômicas internacionais com base em regras comumente respeitadas e instituições multilaterais”, disse.

Villeroy de Galhau também alertou que a diluição das regras financeiras abriria caminho para a próxima crise financeira e que todos os países deveriam implementar integralmente o pacote das regras de capital bancário global da Basiléia, finalizado em dezembro passado.

Por Marc Jones e Huw Jones

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below