April 24, 2018 / 1:41 PM / a month ago

Bovespa avança com exterior favorável; Cosan e Santander Brasil lideram altas

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O tom positivo prevalecia na bolsa brasileira nesta terça-feira, acompanhando o viés relativamente positivo em praças acionárias globais, com o noticiário corporativo doméstico também sob os holofotes, com destaque para Cosan e Santander Brasil.

Às 10:36, o Ibovespa subia 0,62 por cento, a 86.135 pontos. O volume financeiro do pregão somava 828,508 milhões de reais.

No exterior, os futuros acionários norte-americanos sinalizavam uma abertura positiva em Wall Street, após resultados fortes de Caterpillar e United Technologies e com algum alívio no avanço do rendimento dos Treasuries.

Apesar do viés positivo, a equipe da Guide Investimentos vê crescimento da cautela em meio a um exterior mais instável e volátil. “Assim, embora possamos ver uma recuperação pontual, isto pode se mostrar transitório”, disse a equipe em nota a clientes.

DESTAQUES

- COSAN subia 5,16 por cento, tendo como pano de fundo a compra pela Raízen, joint venture da companhia com a Shell, dos negócios ‘downstream’ da Shell na Argentina, em uma transação avaliada em 950 milhões de dólares. As empresas adquiridas atuam na Argentina nos negócios de refino de petróleo, distribuição de combustíveis, operação de postos revendedores de combustíveis, entre outros.

- SANTANDER BRASIL UNIT tinha elevação de 2,45 por cento, após o Santander na Espanha divulgar aumento de 10 por cento no lucro líquido do primeiro trimestre ante o mesmo período do ano anterior, superando as previsões dos analistas e ajudado por fortes negócios no Brasil. O resultado do banco no Brasil sairá após o fechamento do mercado.

- ITAÚ UNIBANCO PN e BRADESCO PN subiam 0,84 e 0,88 por cento, respectivamente, enquanto BANCO DO BRASIL ON avançava 0,7 por cento, tendo no radar decreto publicado no Diário Oficial da União de que governo federal reabriu o crédito especial para o banco, no valor de 162 milhões de reais.

- KROTON ON avançava 2,46 por cento, dando continuidade aos ganhos da véspera após anúncio da compra do controle da SOMOS EDUCAÇÃO, que não faz parte do Ibovespa e operava estável nesta sessão, após fechar em alta de quase 50 por cento na véspera.

- BRF ON subia 1,74 por cento, após renúncia do presidente-executivo, José Aurélio Drummond Jr., às vésperas de uma assembleia de acionistas, tida como vital para o futuro da exportadora de carne de frango, para mudar o conselho de administração.

- PETROBRAS PN subia 0,80 por cento e PETROBRAS ON avançava 0,66 por cento, em sessão com leve alta nos preços do petróleo e após anúncio da petroleira de que iniciou fase vinculante referente à cessão da totalidade de sua participação nos campos de Piranema e Piranema Sul.

- VALE ON 1,09 por cento, apesar da queda do preço do minério de ferro à vista na China. Analistas do Credit Suisse elevaram o preço-alvo do ADR (recibo de ação negociado nos EUA) da mineradora de 16 para 17 dólares e reiteraram a recomendação ‘outperform’.

Por Paula Arend Laier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below