April 26, 2018 / 9:55 PM / 4 months ago

Suzano tem alta de 81% no lucro do 1º tri

SÃO PAULO (Reuters) - A Suzano Papel e Celulose (SUZB3.SA) informou nesta quinta-feira que teve lucro líquido de 813 milhões de reais no primeiro trimestre, uma alta de 80,6 por cento em relação ao resultado do mesmo período do ano anterior, impulsionada por sucessivos aumentos no preços da celulose, impacto cambial e alta nos preços de papel.

A geração de caixa da companhia medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de 1,528 bilhão de reais, expansão de 80,4 por cento na comparação anual.

A empresa, que anunciou em meados do mês passado integração de seus negócios com a rival maior Fibria (FIBR3.SA), teve crescimento de 33 por cento na receita líquida do primeiro trimestre sobre o mesmo período de 2017, para quase 3 bilhões de reais.

O avanço no faturamento ocorreu, apesar de queda 4,3 por cento no volume total de celulose vendida no período, para 876 mil toneladas, apesar da produção ter crescido 5,1 por cento, para 918 mil toneladas.

Segundo a companhia, as vendas de papel, porém, cresceram 7,3 por cento no primeiro trimestre, para 284 mil toneladas, enquanto a produção foi 7,5 por cento maior, a 295 mil toneladas.

A Suzano afirmou que o preço líquido médio em dólar da celulose vendida pela companhia no primeiro trimestre foi de 731 dólares por tonelada, crescimento de 226 dólares (44,7 por cento) frente o praticado nos três primeiros meses do ano passado.

Enquanto isso, o custo caixa de produção de celulose foi de 587 reais por tonelada, sem considerar parada para manutenção de fábrica em Limeira (SP), e de 604 dólares considerando suspensões para reparos. Sobre o primeiro trimestre de 2017, o custo caixa dos três primeiros meses de 2018 foi praticamente igual ao de um ano antes, desconsiderando parada, e 4,4 por cento menor que o do quarto trimestre. Em dólares, na comparação anual, sem parada, o custo caixa caiu 5,3 por cento.

A companhia afirmou que em 2018 ainda vai parar para manutenção linha 1 de fábrica em Mucuri (BA), no segundo trimestre e no quarto trimestre vai ser a vez da unidade em Imperatriz (MA) de parar para reparos.

A Suzano terminou março com dívida líquida de 9,25 bilhões de reais, queda de 5 por cento sobre um ano antes. A relação dívida líquida sobre Ebitda ajustado passou de 2,8 vezes para 1,7 vez no período.

A empresa estima investir em 2018 2,4 bilhões de reais, dos quais 1,2 bilhão em manutenção.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below