May 3, 2018 / 3:24 PM / 6 months ago

Ultrapar corta investimentos para 2018, espera margens melhores após fraco 1º tri

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo Ultrapar, que tem negócios desde varejo farmacêutico a produtos químicos, deve cortar investimentos em 2018 na ordem de 20 por cento em praticamente todas as suas áreas de negócios, após enfrentar um primeiro trimestre de crescimento da economia abaixo do esperado conjugado com aumento do nível de endividamento.

O diretor financeiro da companhia, André Pires, disse em teleconferência com analistas que avalia que o endividamento da Ultrapar atingiu um teto nos três primeiros meses do ano após o pagamento de multa contratual de 286 milhões de reais decorrente da não aprovação pelo Cade da aquisição da Liquigás.

Pires afirmou ainda que espera que as margens da divisão Ipiranga, de postos de combustível, e da Oxiteno, fabricante de produtos químicos, deverão subir a partir do segundo trimestre.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below