May 10, 2018 / 11:37 AM / 7 months ago

Taesa avalia 11 ativos de transmissão que Eletrobras quer vender em leilão, diz CEO

SÃO PAULO (Reuters) - A transmissora de energia elétrica Taesa, controlada pela mineira Cemig e pela colombiana Isa, tem avaliado 11 ativos de transmissão da estatal Eletrobras que devem ser colocados à venda em um leilão previsto para junho ou julho, disse à Reuters na quarta-feira o presidente da companhia.

A análise dos ativos, que somam cerca de 1 mil quilômetros em linhas de energia, acontece em meio a uma sólida posição financeira da Taesa, que fechou o primeiro trimestre com cerca de 900 milhões de reais em caixa e um endividamento baixo para os padrões de empresas de infraestrutura.

A relação entre a dívida líquida e a geração de caixa da empresa, medida pelo Ebitda, é de 1,3 vez, o que significa que há “um espaço confortável” para aquisições ou novos investimentos, afirmou Raul Lycurgo Leite, que comanda a Taesa desde novembro do ano passado.

Em cinco dos ativos que serão colocados à venda pela estatal, a Taesa é sócia e poderá exercer um direito de preferência na licitação.

“A gente tem caixa e tem espaço no balanço... Em cinco a gente tem direito de preferência e outros seis não temos. Mas nós estamos analisando, fazendo due dilligence”, afirmou Leite.

“Nesses em que não estamos (como sócios), o trabalho é um pouco mais árduo, mais complexo... nos que temos presença, em fazendo sentido em termos financeiros, a Taesa vai, sim, exercer o direito de preferência”, disse.

Ele afirmou que a Taesa também segue avaliando empreendimentos de transmissão da Âmbar Energia, empresa do grupo J&F, dono da empresa de alimentos JBS, que passou a buscar fazer caixa com a venda de seus ativos em energia.

“A gente está fazendo due dilligence... não teve uma proposta firme, mas de qualquer forma continuamos trabalhando, vendo, avaliando”, explicou o executivo.

Além das possíveis aquisições, a Taesa também pretende disputar os próximos leilões de concessões para novas linhas de transmissão que serão realizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below