June 17, 2018 / 1:50 PM / 3 months ago

GE deve ser multada se não cumprir promessa de empregos franceses, diz governo

PARIS (Reuters) - A companhia norte-americana General Electric deve ser multada se não criar o número de empregos na Alstom com que concordou quando comprou a subsidiária de energia Alstom em 2015, disse um porta-voz do governo francês neste domingo.

A GE se comprometeu com a criação de 1.000 novos empregos até o fim do ano, quando comprou o negócio de energia da Alstom em 2015, mas criou apenas 323 até o fim de abril, disse o Ministério das Finanças na semana passada.

O executivo-chefe da GE, John Flannery, informou esta semana o ministro francês das Finanças, Bruno Le Maire, que a meta agora estava “fora de alcance” devido a condições difíceis de mercado.

Le Maire pressionou a GE a “tomar todas as medidas necessárias, no melhor de suas habilidades, para cumprir” o acordo de 2015, segundo o qual a GE deve ser multada em 50.000 euros por cada emprego não criado.

“As punições devem servir de exemplo, 50.000 euros devem ser aplicados no fim do ano se a GE não se ativer a seus compromissos”, disse o porta-voz Benjamin Griveaux à televisão France 3.

“Quando você assume compromissos com o governo, você respeita”, acrescentou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below