June 18, 2018 / 10:07 PM / 2 months ago

ANP diz que 31 empresas aderem à nova fase programa de subsídio ao diesel

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Um total de 31 companhias, dentre produtoras e importadoras, inscreveram-se para participar da segunda fase do programa de subsídios ao diesel, do governo federal, em vigor entre 8 de junho e o fim de julho, informou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) em seu site.

Dentre as inscritas, estão a Petrobras —que detêm quase 100 por cento da capacidade de refino no país— além das pequenas refinadoras Refinaria de Petróleo RioGrandense e Dax Oil Refino S.A., assim como diversas importadoras, como a Alesat Comercial Importações e Exportações Ltda.

As 31 empresas, de acordo com a agência reguladora, se inscreveram até esta segunda-feira.

O programa de subvenção ao combustível, do governo federal, foi criado como resultado das negociações para encerrar uma greve dos caminhoneiros, que durou 11 dias em maio e protestava contra os altos preços do combustível.

O objetivo do governo é que as empresas reduzam seus preços, sem que sejam prejudicadas financeiramente.

Ao aderirem ao programa, as produtoras e importadoras se comprometeram a congelar os seus preços de comercialização do diesel no país em valores estipulados pelo governo federal, ao passo que serão ressarcidas em até 30 centavos por litro pela União, dependendo das condições do mercado.

Por Marta Nogueira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below