June 19, 2018 / 11:03 AM / 6 months ago

Índices acionários da China despencam com novas ameaças comerciais de Trump

XANGAI (Reuters) - As ações de Xangai despencaram quase 4 por cento nesta terça-feira, para a mínima de dois anos, enquanto o iuan caiu para o menor nível em mais de cinco meses em relação ao dólar uma vez que as novas ameaças tarifárias de Washington contra a China aumentaram os indícios de uma guerra comercial plena.

Investidor observa dados de ações em casa de corretagem em Xangai, na China 24/11/2017 REUTERS/Aly Song

As perdas, que acontecem apesar de uma injeção de liquidez inesperada pelo banco central, pode desencadear uma espiral descendente que pode tirar dos trilhos a tentativa de Pequim de atrair grandes listagens internacionais, particularmente de gigantes de alta tecnologia.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 3,55 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 3,82 por cento, depois de chegar a cair mais de 5 por cento durante o pregão.

Enquanto isso, o iuan enfraqueceu para uma mínima de 6,4754 por dólar, nível mais fraco desde 12 de janeiro.

“É o momento mais sombria e o momento mais agonizante do primeiro semestre deste ano ... há vítimas de desastres em todos os lugares”, escreveu Zhang Yidong, estrategista da Industrial Securities, nesta terça-feira, em nota.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou impor tarifa de 10 por cento sobre 200 bilhões em bens chineses e Pequim alertou que irá retaliar, em um rápido agravamento do conflito comercial entre as duas maiores economias do mundo.

O restante do mercado asiático também foi pressionado pelas ameaças do presidente dos EUA de novas tarifas e pelo agravamento da disputa comercial entre norte-americanos e chinesas.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 1,99 por cento às 7:57 (horário de Brasília).

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,77 por cento, a 22.278 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 2,78 por cento, a 29.468 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 3,82 por cento, a 2.906 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 3,55 por cento, a 3.620 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,52 por cento, a 2.340 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,65 por cento, a 10.904 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,68 por cento, a 3.301 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,03 por cento, a 6.102 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below