June 20, 2018 / 4:56 PM / 5 months ago

Tabela de fretes gera prejuízo de R$10 bi a setores de soja e milho, diz CNA

Caminhões carregando soja parados na BR-277 perto do porto de Paranaguá, Curitiba, Brasil 15/03/2011 REUTERS/Rodolfo Buhrer

BRASÍLIA (Reuters) - Com 20 dias em vigor, a primeira tabela de preços mínimos para o frete rodoviário causou prejuízo de cerca de 10 bilhões de reais aos setores de soja e milho, reflexo de uma elevação média de 40 por cento no valor do transporte, informou nesta quarta-feira a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Além disso, segundo a entidade, os prejuízos nos terminais portuários somam cerca de 135 milhões de reais, por conta de 60 navios parados.

Também segundo levantamento da CNA, nesses 20 dias cerca de 6,8 milhões de toneladas de soja e farelo deixaram de ser levadas aos portos e exportadas.

Os dados foram apresentados pela CNA em audiência para debater a legalidade da tabela no Supremo Tribunal Federal (STF), na qual o ministro Luiz Fux está ouvindo todas as partes envolvidas, como representantes dos caminhoneiros e dos empresários que contratam o transporte de cargas.

Por Leonardo Goy

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below