June 21, 2018 / 3:18 PM / 3 months ago

Siemens vai combinar unidades industriais em reestruturação, dizem fontes

MUNIQUE (Reuters) - O grupo alemão de engenharia Siemens planeja reduzir o número de divisões industriais para aumentar a lucratividade, disse uma pessoa familiarizada com o assunto.

O conglomerado com sede em Munique reduzirá as unidades em suas principais operações industriais para três, de cinco anteriormente, e o conselho supervisor já discutiu as mudanças, acrescentou a fonte à Reuters.

Detalhes da tão aguardada estratégia batizada de “Vision 2020+” serão revelados em agosto, afirmaram duas fontes, que pediram para não serem identificadas porque o assunto é confidencial.

As mudanças entram em vigor em 1º de outubro, que marca o início do novo ano financeiro da Siemens, completou uma das fontes.

“Isso será mais uma evolução que revolução”, disse a fonte.

Segundo a revista alemã Manager Magazin, que noticiou as mudanças mais cedo, metas de margens maiores serão atribuídas às novas divisões.

A reestruturação faz parte dos esforços do presidente-executivo da Siemens, Joe Kaeser, de afrouxar o controle central para permitir que as subsidiárias sejam bem sucedidas, informou a publicação, citando fontes da empresa.

Parte do plano consiste em combinar a unidade chamada Digital Factory com operações para automatizar processos industriais, bem como unir as redes de alta voltagem com os negócios de usinas de energia, de acordo com a Manager Magazin.

As mudanças, segundo as fontes, também envolverão a gestão de energia, desenvolvimento de tecnologias e engenharia de geração de energia.

As ações da Siemens operavam em queda de 0,7 por cento por volta das 10:40 (horário de Brasília).

“Atualmente, estamos desenvolvendo ainda mais a nossa estratégia corporativa —de modo mais calmo e diligente”, informou a Siemens por email. “Sempre que ajustes forem necessários, nós agiremos. Ao fazê-lo, sempre focaremos na proximidade com o cliente, competitividade e capacidade para inovar”.

No início deste ano, o grupo alemão abriu o capital de uma fatia minoritária na unidade de cuidados com saúde Healthineers, que fabrica aparelhos de raio-X e de ressonância magnética, em uma das maiores listagens na Alemanha dos últimos anos.

Por Alexander Huebner

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below