June 26, 2018 / 11:48 AM / 6 months ago

Líderes da UE querem reforçar papel do fundo de socorro financeiro

BRUXELAS (Reuters) - Líderes da União Europeia devem acertar na sexta-feira um papel maior para o ESM, com detalhes sendo definidos até dezembro, mas deixarão para os ministros de finanças quando começarem conversas sobre um Plano de Seguro de Depósito Europeu (Edis, na sigla em inglês).

Bandeira da União Europeia em Bruxelas, na Bélgica 20/06/2018 REUTERS/Yves Herman

    O esboço de conclusão das negociações sobre a integração da zona do euro também não faz menção à ideia de um orçamento da zona do euro defendido pela França ou à reestruturação mais fácil de dívida soberana, proposta pela Alemanha.

    A minuta mostrou que os líderes vão endossar a ideia de que o Mecanismo Europeu de Estabilidade (ESM), o fundo de resgate, deve, em caso de emergência, emprestar para ajudar a resolver os bancos falidos.

    A ajuda tomaria a forma de uma linha de crédito rotativo do mesmo tamanho que o próprio fundo de resolução bancária - igual a 1 por cento dos depósitos cobertos na zona do euro, ou cerca de 55 bilhões de euros.

    O ESM também teria um papel maior na concepção e monitoramento de programas de assistência financeira, segundo o documento visto pela Reuters.

    “O Eurogrupo é convidado a concordar com um compromisso para o desenvolvimento do ESM até dezembro de 2018”, diz o rascunho. “A Cúpula do Euro em formato inclusivo voltará a essas e outras questões em dezembro”.

    O presidente dos ministros das Finanças da zona do euro, Mario Centeno, perguntou em carta a líderes na segunda-feira, se eles querem seguir a ideia franco-alemã de flexibilização de dívida, muito contestada pela altamente endividada Itália.

    Os líderes devem também endossar a conclusão da união bancária da UE, que ainda está faltando um sistema de garantia de depósitos em toda a UE que tornaria os depositantes bancários igualmente seguros em todo o bloco de 27 países.

    Mas a Alemanha e vários outros países do norte da Europa se opõem à introdução de tal esquema até que os riscos que os bancos estão assumindo, medidos pelo volume de inadimplência, sejam substancialmente reduzidos.

    Seguindo a redação do acordo franco-alemão da semana passada sobre como proceder com a integração mais profunda da zona do euro, o rascunho da declaração dos líderes da UE deixou a questão em aberto, sem mencionar quaisquer datas para Edis.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below