June 28, 2018 / 10:27 AM / 3 months ago

Índices acionários chineses e iuan registram novas quedas com preocupações comerciais e econômicas

XANGAI (Reuters) - O mercado acionário chinês atingiu novas mínimas de dois anos nesta quinta-feira e caminha para registrar o pior desempenho mensal em anos uma vez que as tensões comerciais com os Estados Unidos e as preocupações com a dívida prejudicam as perspectivas para a economia da China.

Investidores observam dados de ações em casa de corretagem em Xangai, na China 09/02/2018 REUTERS/Aly Song

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 1,06 por cento. Já o índice de Xangai teve queda de 0,97 por cento no dia e acumula perdas de 10 por cento em junho, a caminho de seu pior mês desde janeiro de 2016, quando despencou 22 por cento.

“No curto prazo, o sentimento do investidor continua bastante pessimista”, disse Lu Jie, chefe de pesquisa da gestora de ativos Robeco.

“O mercado está no processo de buscar o piso”, disse ele, cuja expectativa é de que o mercado se estabilize no segundo semestre.

Os temores de uma guerra comercial também golpearam o iuan, com alguns analistas dizendo que ainda há espaço para a moeda cair ainda mais.

No mercado à vista, o iuan abriu a 6,6177 por dólar e encerrou a sessão em 6,6250 por dólar, o fechamento mais fraco em sete meses.

No restante da região, os mercados também mostraram fraqueza em sua maior, com os investidores preocupados que a abordagem comercial do governo norte-americano esteja prejudicando o crescimento econômico global - mesmo que a postura do presidente Donald Trump em relação aos investimentos chineses em empresas de tecnologia dos EUA pareça estar abrandando

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,58 por cento às 7:23 (horário de Brasília), atingindo nova mínima de nove meses.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,01 por cento, a 22.270 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,50 por cento, a 28.497 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,97 por cento, a 2.785 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,06 por cento, a 3.422 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,19 por cento, a 2.314 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,44 por cento, a 10.654 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,09 por cento, a 3.257 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,31 por cento, a 6.215 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below