June 28, 2018 / 9:28 PM / 4 months ago

Archer vê atraso relevante nas fixações de açúcar na exportação do Brasil

SÃO PAULO (Reuters) - As usinas brasileiras de cana haviam fixado preços até o final de maio para exportação de 13,94 milhões de toneladas de açúcar da safra 2018/2019, afirmou nesta quinta-feira a Archer Consulting, o que significa pelo modelo da consultoria fixações de 60,6 por cento do total previsto de embarques na temporada (23 milhões de toneladas).

Sacas de açúcar em fábrica em Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil 10/11/2010 REUTERS/Sergio Moraes

Segundo a Archer, as fixações foram feitas a um preço médio de 14,13 centavos de dólar por libra-peso.

Com preços fracos do açúcar em meio a superávit global do produto, a Archer notou um forte atraso nos negócios.

Nesta época na temporada passada, as usinas tinham fixado quase 75 por cento, enquanto no ciclo 2016/17 as fixações para até o período tinham atingido 85 por cento.

“Há muito não tínhamos tanto atraso nas fixações de uma safra. Certamente, essa questão foi crucial para piorar o desempenho do mercado”, disse o sócio-diretor da Archer, Arnaldo Luiz Correa.

Por Marcelo Teixeira e Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below