June 29, 2018 / 5:55 PM / 3 months ago

Importação asiática de petróleo do Irã tem máxima de 8 meses em maio

TÓQUIO (Reuters) - As importações de petróleo iraniano por grandes compradores na Ásia chegaram a uma máxima de oito meses em maio, com as compras aumentando antes de possíveis novas sanções sobre o país do Oriente Médio, mostraram dados do governo e de rastreamento de navios.

Bandeira do Irã em plataforma de petróleo no campo de Soroush 25/07/2005 REUTERS/Raheb Homavandi

A China, Índia, Japão e Coreia do Sul importaram no mês passado 1,8 milhões de barris por dia (bpd) do Irã, mostraram os dados, quase 15 por cento mais do que há um ano e o maior nível desde setembro.

Aquisições do óleo iraniano pelos quatros países podem cair no fim do ano, após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter se retirado no mês passado do acordo internacional que limitava o programa nuclear de Teerã.

Os EUA vão reimpor as sanções sobre o Irã, que haviam sido suspensas com o acordo em julho de 2015, e estão exigindo que outros países cortem suas relações comerciais com a nação oriental.

Por Aaron Sheldrick; Reportagem adicional por Osamu Tsukimori

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below