July 3, 2018 / 4:03 PM / 3 months ago

Tesouro pode não precisar de novas devoluções do BNDES neste ano, diz presidente do banco

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Dyogo Oliveira, confirmou nesta terça-feira que, devido ao ganho financeiro que o Banco Central tem registrado pela alta do dólar frente ao real, o Tesouro pode não precisar receber novos pagamentos do banco de fomento neste ano para cumprir a regra de ouro fiscal.

Presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Dyogo Oliveira, durante entrevista com a Reuters no Rio de Janeiro 23/05/2018 REUTERS/Pilar Olivares

A Reuters noticiou na semana passada, citando fontes com conhecimento sobre o assunto, que o BNDES negociava com o Ministério da Fazenda a possibilidade de postergar para 2019 a devolução de 70 bilhões de reais referentes ao pagamento de repasses do Tesouro.

Oliveira afirmou ainda que o BNDES está discutindo acelerar a devolução dos recursos remanescentes ao Tesouro prevista para os anos à frente, mas que não havia conclusão.

Reportagem de Lisandra Paraguassu; Texto de Patrícia Duarte

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below