July 6, 2018 / 5:16 PM / 4 months ago

Índices sobem apesar de escalada em guerra comercial

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus subiram nesta sexta-feira, com operadores apontando que a intensificação da disputa comercial entre os Estados Unidos e a China — com a entrada em vigor de tarifas de Washington sobre 34 bilhões de dólares em importações chinesas e a retaliação imediata por parte de Pequim — já estava nos preços.

Operadores trabalham embolsa alemã em Frankfurt 21/03/2018 REUTERS/Tilman Blasshofer

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,2 por cento, a 1.498 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,2 por cento, a 382 pontos.

Enquanto as ações europeias passaram parte da tarde em território negativo depois que o euro saltou após fortes dados de empregos nos EUA, o índice STOXX 600 encerrou a sessão praticamente no patamar onde começou.

“Estamos em um cenário típico de ‘compra no boato e venda no fato’”, disse Stephane Barbier de la Serre, estrategista da Makor Capital Markets, quando questionado sobre o porquê de os mercados não estarem caindo já que a disputa comercial estava se movendo de maneira inequívoca para uma guerra comercial.

Após ambos os países adotarem tarifas sobre 34 bilhões de dólares em importações um do outro nesta sexta-feira, Pequim acusou Washington de desencadear “a maior guerra comercial” da história em uma forte intensificação do conflito que já dura meses.

Segundo Barbier de la Serre, muitos investidores ainda querem acreditar que a União Europeia permanecerá afastada da guerra comercial ou que o confronto dos EUA com a China é apenas uma postura de negociação que não levará a uma queda no comércio global.

Ele também observou que, em meio a altas expectativas sobre a temporada de balanços corporativos que começa em menos de duas semanas, muitos operadores estavam relutantes em ficarem vendidos em ações europeias.

Os lucros do segundo trimestre para as empresas do STOXX 600 devem aumentar 8,7 por cento em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Thomson Reuters I/B/E/S.

A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos em junho foi maior do que o esperado com as indústrias intensificando as contratações, mas o aumento salarial estável indica pressão inflacionária moderada que deve manter o banco central na trajetória de aumento gradual da taxa de juros.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,20 por cento, a 1.498 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,19 por cento, a 7.617 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,26 por cento, a 12.496 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,18 por cento, a 5.375 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,05 por cento, a 21.925 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,39 por cento, a 9.905 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,55 por cento, a 5.599 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below