July 10, 2018 / 1:49 PM / 2 months ago

Não assuma riscos com a economia, diz BC a novo governo da Itália

ROMA (Reuters) - O presidente do banco central da Itália alertou nesta terça-feira que o novo governo do país deve ser cauteloso com as contas públicas para evitar problemas nos mercados financeiros e aumentar a dívida pública.

O presidente do Banco da Itália, Ignazio Visco, disse em um encontro de banqueiros em Roma que o esforço de reforma da Itália havia se esgotado e que, se uma nova crise financeira acontecer, o país está “muito mais vulnerável do que há dez anos”.

A coalizão governista formada pelo Movimento 5-Estrelas e pela Liga, de direita, planeja cortes de impostos e gastos mais altos com o bem-estar social, mas Visco disse que as tensões no mercado e a enorme dívida pública da Itália pedem uma abordagem cautelosa.

“Prudência e visão a longo prazo são necessárias para evitar tensões (de mercado) e para evitar que os italianos tenham uma dívida mais alta e renda menor no futuro”, disse ele.

Visco defendeu uma reforma para unir os pequenos bancos cooperativos da Itália, que o governo sugeriu que poderia suspender, dizendo que as mudanças facilitarão a captação de capital e evitarão possíveis crises.

Por Gavin Jones

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below