July 10, 2018 / 2:29 PM / a month ago

Bovespa avança em dia de ajustes com menor aversão a risco no exterior

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista voltava do fim de semana prolongado em alta nesta terça-feira, beneficiada por um ambiente de menor aversão a risco no exterior, com o Ibovespa influenciado também por ajustes aos movimentos de ADRs na véspera, quando a B3 não abriu em razão de feriado na cidade de São Paulo.

Homem passa por gráfico de cotações na Bovespa 24/08/2015 REUTERS/Paulo Whitaker

Às 11:23, o Ibovespa subia 0,69 por cento, a 75.524,4 pontos. O volume financeiro somava 2 bilhões de reais.

Em Wall Street, o S&P 500 abriu em alta, com agentes financeiros já atentos a resultados corporativos e com o avanço dos papéis de energia, em meio ao avanço dos preços do petróleo, enquanto se dissipavam os temores sobre a disputa comercial entre EUA e China.

“O viés para os ativos locais é mais positivo hoje, após feriado em São Paulo”, disse o economista Ignacio Crespo, da Guide Investimentos, em nota a clientes, destacando que a segunda-feira foi positiva para os ativos locais, incluindo queda na percepção de risco país.

DESTAQUES

- BRASKEM subia 9,9 por cento, liderando as altas do Ibovespa, em meio a expectativas sobre a venda da participação da Odebrecht na petroquímica. O jornal Valor Econômico informou nesta terça-feira que acordo de venda para o grupo LyondellBasell, sediado na Holanda, deve ser assinado até meados de outubro e que a Braskem pode ser avaliada em 55 bilhões de reais, sendo mais de 21 bilhões de reais pela parte da Odebrecht.

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON avançavam 1,9 e 2,3 por cento, respectivamente, tendo como pano de fundo a alta dos preços do petróleo no exterior, com o noticiário incluindo possível parceria com a francesa Total. Na véspera, quando a B3 não abriu, os ADRs (recibo de ações negociados nos Estados Unidos) das ações preferenciais e ordinárias da petrolífera de controle estatal subiram 2,8 e 2,6 por cento, respectivamente.

- LOCALIZA tinha alta de 1,7 por cento, recuperando-se após duas sessões seguidas de perdas, em que contabilizou recuo de 3,1 por cento.

- B3 tinha alta de 3 por cento, no segundo dia de alta, ajudando na trajetória positiva do Ibovespa.

- ELETROBRAS PNB e ELETROBRAS ON caíam 3 e 2,8 por cento, respectivamente. Na segunda-feira, a Justiça Federal do Rio de Janeiro concedeu liminar para suspender edital do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que visa contratar empresas para fazer avaliação da Eletrobras e modelagem da privatização.

- VALE tinha variação negativa de 0,16 por cento, em sessão em que os preços do minério de ferro à vista na China ficaram praticamente estáveis.

Por Paula Arend Laier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below