July 17, 2018 / 4:04 PM / 4 months ago

Demanda por fertilizantes no Brasil deve cair 3,7% em 2018, prevê FCStone

Trator pulveriza pesticida em plantação 18/05/2016 REUTERS/Pascal Rossignol

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil, um dos maiores produtores e exportadores mundiais de commodities como soja e milho, deverá reduzir o consumo de fertilizantes em 3,7 por cento neste ano, informou a consultoria INTL FCStone nesta terça-feira.

O consumo de fertilizantes no Brasil será impactado em 2018 pelo aumento dos custos de frete, disse o analista Fábio Rezende durante um evento da consultoria em São Paulo.

“A greve dos caminhoneiros impactou a entrega de fertilizantes em maio... Preços mais altos de fretes tendem a impactar a entregas de fertilizantes daqui para frente. Tabelamento dos fretes afeta principalmente os fertilizantes, por não prever preços mais baixos para frete de retorno”, afirmou.

Mais cedo, a Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda) apontou uma retração de 2,3 por cento nas entregas de fertilizantes no primeiro semestre do ano, para 12,83 milhões de toneladas.

Por José Roberto Gomes

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below