July 18, 2018 / 5:02 PM / in 4 months

Powell é novamente questionado sobre riscos comerciais pelo Congresso dos EUA

WASHINGTON (Reuters) - O chairman do Federal Reserve, Jerome Powell, questionado por membros de um comitê parlamentar da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, repetiu nesta quarta-feira que o aumento do protecionismo mundial seria um risco para o país e para a expansão global que parece estar em andamento.

Chairman do Federal Reserve, Jerome Powell, durante coletiva de imprensa em Washington 13/06/2018 REUTERS/Yuri Gripas

“Se esse processo levar a um mundo de tarifas mais altas sobre uma ampla gama de bens e serviços que são negociados e se durarem por um longo período de tempo, se resultar em um mundo mais protecionista, isso seria ruim para nossa economia”, disse Powell ao Comitê de Serviços Financeiros da Casa.

“Não cabe a nós criticar as políticas (de governo). Mas a evidência é clara de que os países que permanecem abertos ao comércio têm maior produtividade. Eles têm renda mais alta”.

A declaração de Powell repetiu o testemunho e questionamento da audiência no Comitê Bancário do Senado na véspera.

Powell descreveu a economia dos Estados Unidos talvez pronta para mais anos de crescimento contínuo, com o banco central próximo de suas metas máximas de emprego e inflação estável em torno de 2 por cento.

Mas, assim como os senadores no dia anterior, os membros da Câmara se concentraram nas possíveis consequências econômicas da imposição de tarifas do governo do presidente Donald Trump, com ameaças de mais taxas em nome de cortar acordos comerciais melhores com aliados como Canadá e rivais como a China.

Powell tentou traçar uma linha tênue em suas respostas, ao mesmo tempo evitando críticas diretas ao presidente que o nomeou, enquanto esclarecia as consequências econômicas.

Powell disse acreditar que o objetivo do governo é reduzir as tarifas em todo o mundo, e se houver interrupções nesse meio tempo “pode ​​valer a pena pagar um pouco de preço de curto prazo para chegar a um lugar melhor”.

Ao mesmo tempo, ele e outras autoridades do Fed têm sido claros de que as empresas já estão mudando os planos de gastos e investimentos por causa dos riscos e incertezas em torno de um possível conflito comercial.

“Muitas empresas individuais foram prejudicadas por isso. Nós ainda não vemos nos números agregados porque é uma economia de 20 trilhões de dólares e essas coisas demoram a aparecer”, disse Powell. “Mas ouvimos muitas histórias de empresas que estão preocupadas e agora estão começando a tomar decisões de investimento, ou não fazê-los, por causa disso.”

Por Howard Schneider

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below