July 23, 2018 / 10:38 AM / 3 months ago

Mercados chineses sobem, mas escândalo de vacina limita ganhos

XANGAI (Reuters) - Os mercados de ações da China subiram nesta segunda-feira, ajudadas pela força das ações financeiras e industriais, mas uma queda no setor de saúde em meio a um escândalo de vacina limitou ganhos mais amplos.

Investidores observam dados de ações em casa de corretagem em Xangai, na China 09/02/2018 REUTERS/Aly Song

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,9 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 1,1 por cento.

O índice que monitora as principais empresas do setor de saúde caiu 4,1 por cento, liderado por uma queda de 10 por cento na Chongqing Zhifei Biological Products, que sofreu vendas generalizadas depois que a grande fabricante de vacinas violou padrões na produção de vacina antirrábica para humanos.

O premiê chinês Li Keqiang pediu uma investigação imediata sobre o escândalo sobre as vacinas irregulares que, segundo ele, cruzaram uma linha moral, e pediu uma punição severa para as empresas e pessoas envolvidas.

Enquanto isso, investidores compraram ações financeiras e industriais, depois que a China divulgou um esboço de regras e diretrizes para fortalecer as regulamentações dos negócios de gestão de patrimônio e gestão de ativos das instituições financeiras.

Às 07h09 (horário de Brasília), o iuan era cotado a 6,775 por dólar, 0,17 por cento mais firme do que o fechamento anterior de 6,7864.

No restante da região asiática, os mercados recuaram nesta segunda-feira, enquanto dólar caiu depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou a política monetária do Federal Reserve e em meio a notícias de que o banco central do Japão pode voltar atrás em suas grandes compras de fundos.

Trump, na sexta-feira, lamentou a recente força do dólar americano e acusou a União Européia e a China de manipular suas moedas.

Os comentários, somados às novas ameaças de imposição de impostos sobre todas as importações americanas da China, provocaram grandes vendas de ações, com o índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tendo queda de 0,2 por cento.

Os comentários de Trump contra os aumentos da taxa do Fed enfraqueciam o dólar e ajudavam a elevar a curva de rendimento dos Treasuries.

Notícia da Reuters de que o Banco do Japão estava em discussões ativas incomuns para modificar seu programa maciço de flexibilização também teve influência no aumento global dos rendimentos e declínios no dólar.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,33 por cento, a 22.396 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,11 por cento, a 28.256 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,07 por cento, a 2.859 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,94 por cento, a 3.525 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,87 por cento, a 2.269 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,14 por cento, a 10.946 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,12 por cento, a 3.293 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,93 por cento, a 6.227 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below