July 24, 2018 / 3:30 PM / in 4 months

Tarifa de energia da distribuidora Celg-D, de Goiás, deve ter alta média de 15,7%

(Reuters) - As tarifas de eletricidade da distribuidora Celg-D, de Goiás, devem sofrer uma elevação média de 15,7 por cento em meio à revisão tarifária da empresa, controlada pela italiana Enel (ENEI.MI), disseram diretores da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) durante reunião nesta terça-feira.

O órgão regulador abrirá na quarta-feira uma audiência pública sobre a revisão das tarifas, que teria um efeito médio de 12 por cento para clientes residenciais e de 24,65 por cento para clientes atendidos em alta tensão, como indústrias.

A discussão sobre as tarifas ficará aberta até 7 de setembro. O índice final de reajuste será decidido posteriormente, com discussão em uma nova reunião de diretoria da Aneel.

A revisão tarifária da distribuidora goiana é a primeira desde que a empresa foi privatizada pela Eletrobras, em 2016, e adquirida pela Enel por cerca de 2,2 bilhões de reais.

Por Luciano Costa, em São Paulo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below