July 30, 2018 / 11:21 AM / in 4 months

Mercados europeus recuam com resultados abaixo do esperado e fragilidade de tecnologia

LONDRES (Reuters) - Os mercados de ações europeus caíam de uma máxima de seis semanas nesta segunda-feira, com o recuo das ações de empresas industriais e de tecnologia e resultados decepcionantes, incluindo da Heineken, afetando a confiança dos investidores.

Funcionário trabalha na bolsa de valores de Frankfurt, na Alemanha 06/04/2018 REUTERS/Ralph Orlowski

Às 8:19 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 caía 0,14 por cento, a 1.533 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdia 0,15 por cento, a 392 pontos.

As ações da Heineken recuavam 5,4 por cento, atingindo as mínimas do STOXX, depois que a segunda maior fabricante de cerveja do mundo divulgou resultados mais fracos do que o esperado no primeiro semestre e reduziu sua orientação de margem para o ano todo.

A France Air Lines recuava 2,6 por cento para as mínimas do setor industrial, depois que seu lucro operacional do primeiro semestre decepcionou o mercado.

A Siemens também operava em queda de 3,6 por cento, depois que a maior fabricante mundial de equipamentos de imagens médicas registrou uma queda de 10 por cento no lucro líquido, prejudicada pela força do dólar.

Sua controladora Siemens também caía 0,1 por cento, um dos maiores pesos entre as ações industriais.

O setor de tecnologia recuava 0,8 por cento, refletindo movimentos na Ásia e em Wall Street, após chocantes quedas nos grandes nomes tecnológicos Twitter e Facebook na semana anterior sacudirem a crença dos investidores na resiliência o setor.

O índice FTSEurofirst 300 tinha queda de 0,15 por cento, a 1.532 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,09 por cento, a 7.707 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caía 0,13 por cento, a 12.843 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdia 0,18 por cento, a 5.501 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha desvalorização de 0,18 por cento, a 21.915 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava baixa de 0,21 por cento, a 9.847 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 0,19 por cento, a 5.626 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below