July 30, 2018 / 6:17 PM / 2 months ago

Índia importa 12% menos petróleo do Irã em junho por temor com sanções

NOVA DÉLHI (Reuters) - As refinarias indianas encomendaram quase 12 por cento menos petróleo iraniano em junho do que em maio, quando os Estados Unidos disseram que iriam reintroduzir as sanções sobre o Irã, mas as vendas permaneceram cerca de 50 por cento mais altas do que há um ano.

As refinarias na Índia, o maior cliente do Irã depois da China, estão se afastando do óleo iraniano depois que os EUA anunciaram a saída do acordo nuclear de 2015.

O primeiro conjunto de sanções terá efeito a partir do dia 6 de agosto e o resto, notavelmente no setor petroleiro, terá um “período de retardo” de 180 dias que vai até 4 de novembro.

Os indianos compraram cerca de 664 mil barris por dia (bpd) de petróleo iraniano em junho, de acordo com declaração do ministro de petróleo, Dharmendra Pradhan.

Apesar da queda frente ao mês anterior, ainda houve uma alta na comparação com o mesmo período do ano passado.

“As refinarias indianas importaram 1,9 milhão de toneladas de petróleo do Irã em junho de 2017 e encomendaram 2,82 milhões de toneladas em junho de 2018”, disse Pradhan na declaração.

Por Nidhi Verma

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below