August 3, 2018 / 4:39 PM / 4 months ago

Resultados impulsionam mercados, com destaque para o setor financeiro

LONDRES (Reuters) - Os resultados de empresas, particularmente do setor financeiro, elevaram os mercados de ações europeus nesta sexta-feira, no encerramento de uma semana volátil, com os investidores sendo encorajados com a Apple se tornando a primeira empresa do mundo a atingir 1 trilhão de dólares em valor de mercado.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,67 por cento, a 1.524 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,65 por cento, a 389 pontos.

O setor financeiro avançou, conforme as ações do britânico RBS subiram 3 por cento depois que o banco estatal em recuperação anunciou seu primeiro dividendo em uma década.

O francês Credit Agricole registrou o melhor desempenho do CAC 40 de Paris com um aumento de 2,3 por cento e resultados do segundo trimestre acima das estimativas.

No geral, a lucratividade do setor bancário aumentou 22 por cento em relação ao ano anterior e a qualidade de crédito está melhorando, disseram os analistas do Goldman Sachs, classificando o trimestre como saudável para os bancos.

No geral, as empresas européias apresentaram um crescimento de 7,8 por cento no lucro líquido do segundo trimestre até o momento, acima dos ganhos do primeiro trimestre, de acordo com dados da Thomson Reuters.

A Apple foi uma das empresas que elevaram o setor de tecnologia na Europa, que subiu 0,6 por cento, com os fabricantes de chips - alguns dos quais são fornecedores da fabricante do iPhone - registrando os maiores ganhos.

A Ams, a BE Semiconductor e a Siltronic subiram de 3,4 a 4,4 por cento, enquanto a ASML, a Infineon e a STMicroelectronics também avançavam.

O setor automotivo também subiu 0,88 por cento depois de dois dias de vendas generalizadas, após uma ameaça do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de aumentar as tarifas sobre as importações chinesas.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,70 por cento, a 1.524 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,10 por cento, a 7.659 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,55 por cento, a 12.616 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,33 por cento, a 5.478 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,80 por cento, a 21.586 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,43 por cento, a 9.739 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,32 por cento, a 5.593 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below