August 8, 2018 / 6:14 PM / 3 months ago

Thomson Reuters parte para ofensiva com conclusão de negócio com a Blackstone

TORONTO (Reuters) - A Thomson Reuters disse que está pensando em oportunidades de aquisições depois de divulgar resultado trimestral acima do esperado nesta quarta-feira e reafirmou sua previsão para 2018.

Presidente-executivo da Thomson Reuters, Jim Smith, fala sobre acordo com a Blackstone 31/01/2018. REUTERS /Chris Helgren

A agência de notícias e informações concordou em janeiro em vender uma participação de 55 por cento na unidade Financial & Risk, que fornece dados e notícias principalmente para clientes financeiros, para a empresa de private equity Blackstone Group. A Thomson Reuters espera usar de 1 bilhão a 3 bilhões de dólares do acordo com a Blackstone para fazer aquisições em setores de contabilidade e jurídico.

“Há um par que parece bastante interessante para nós e vamos continuar a avaliá-los”, disse o presidente-executivo, Jim Smith, em uma entrevista.

A Thomson Reuters informou que espera concluir o negócio de 20 bilhões de dólares com a Blackstone no quarto trimestre e Smith disse teleconferência com analistas que vai abrir caminho para a expansão.

“Após a conclusão do negócio com a Blackstone, a Thomson Reuters estará em posição para jogar na ofensiva”, disse.

A companhia disse que, ajustados para itens especiais, o lucro no segundo trimestre foi de 0,17 dólar por ação, abaixo dos 0,19 dólar por ação de um ano antes. O desempenho ficou acima da previsão média dos analistas de lucro de 0,11 dólar por ação, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita trimestral subiu 2 por cento, para 1,31 bilhão de dólares, em linha com as previsões do mercado. O lucro operacional caiu 6 por cento, para 204 milhões de dólares, o que, segundo a empresa, deveu-se principalmente aos custos antes do acordo com a Blackstone.

No trimestre, o negócio Financial & Risk - agora contabilizado como uma operação descontinuada - aumentou a receita em 2 por cento em moeda corrente para 1,55 bilhão de dólares.

O negócio jurídico da empresa registrou receita de 882 milhões de dólares no segundo trimestre, um aumento de 2 por cento quando excluídos os efeitos do câmbio. A unidade de contabilidade reportou receita de 359 milhões de dólares, um aumento de 4 por cento.

A Reuters News registrou 72 milhões de dólares em receitas, uma queda de 5 por cento em relação ao ano anterior, em moeda corrente.

Por Matt Scuffham

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below