August 9, 2018 / 4:31 PM / a month ago

Centro-sul vende em julho maior volume de etanol da safra 2018/19, diz Unica

SÃO PAULO (Reuters) - A comercialização de etanol por usinas e destilarias do centro-sul do Brasil atingiu 2,70 bilhões de litros em julho, alta de 26,7 por cento ante igual período do ano passado e maior volume até agora na safra 2018/19, iniciada em abril, informou a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) nesta quinta-feira.

Vista da usina de cana-de-açúcar Da Mata, em Valparaiso, São Paulo, Brasil 18/09/2014 REUTERS/Paulo Whitaker

As vendas consideram tanto mercado interno quanto externo. Conforme a entidade, só na segunda quinzena do mês foi comercializado 1,50 bilhão de litros, alta de 35 por cento na comparação anual.

O setor sucroenergético brasileiro vem priorizando o álcool neste ano, em detrimento do açúcar, dada a maior remuneração do biocombustível.

Citando dados da reguladora ANP, a Unica disse que o álcool está mais atrativo que a gasolina em pelo menos seis Estados (São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso, Goiás e Rio de Janeiro), com a melhor competitividade “ao longo desta década”.

O etanol tem se mostrado mais atrativo diante de custos mais altos com a gasolina para os consumidores, após mudanças tributárias e instituição de uma política de preços pela Petrobras.

“As vendas de julho surpreenderam especialmente por ser um período de férias no Brasil”, afirmou em nota o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, acrescentando que a expectativa é de que o volume comercializado atinja patamares superiores agora em agosto.

Por José Roberto Gomes

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below