August 10, 2018 / 12:43 PM / 4 months ago

China diz que compras de produtos agrícolas dos EUA cairão drasticamente com sanções

Bandeiras da China e dos Estados Unidos em poste de Washington 18/01/2011 REUTERS/Hyungwon Kang

PEQUIM - As importações chinesas de produtos agrícolas norte-americanos cairão drasticamente depois que Pequim implementar suas medidas comerciais de retaliação, afirmou nesta sexta-feira o vice-ministro da Agricultura, Han Jun.

Mas o atrito comercial entre os dois países terá impacto limitado no setor agrícola da China, disse Han Jun, segundo a rádio estatal.

Han ressaltou que a China está plenamente apta a atender à demanda doméstica por óleos comestíveis e ração animal à base de proteína.

Uma solução é elevar importações de outros exportadores como o Brasil, e o farelo de soja poderia facilmente ser substituído por ração animal feita de outros produtos, adicionou Han.

A China, maior importador de bens agrícolas do mundo, tem necessidade de 90 milhões de toneladas anuais de soja e a oferta dos EUA atendia cerca de um terço das importações totais chinesas. A soja é processada para fazer óleo de cozinha e ração animal.

Por Redação Pequim

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below