August 13, 2018 / 6:16 PM / 3 months ago

Arábia Saudita corta produção com Opep prevendo superávit em 2019

Plataforma de petróleo na Arábia Saudtia 21/05/2018 REUTERS/Ahmed Jadallah

LONDRES (Reuters) - A Opep cortou nesta segunda-feira a sua previsão para a demanda da sua produção de petróleo no ano que vem, conforme rivais bombearam mais óleo, e disse que a Arábia Saudita, maior exportador do mundo, tentando evitar o retorno de um excesso de oferta, cortou a sua produção.

Em seu relatório mensal, a Organização de Países Exportadores de Petróleo disse que o mundo irá precisar de 32,05 milhões barris por dia (bpd) de petróleo originário de seus 15 integrantes em 2019, 130 mil bpd abaixo da estimativa do mês passado.

A queda na demanda de óleo da Opep significa que haverá menos pressão sobre outros produtores para compensar as perdas na produção da Venezuela e da Líbia, e potencialmente do Irã, com a introdução das sanções renovadas dos Estados Unidos.

Os contratos futuros do petróleo LCOc1 entraram em território negativo depois que o relatório da organização foi divulgado, com o Brent sendo negociado abaixo dos 72 dólares por barril. Os preços têm escorregado desde que superaram os 80 dólares neste ano pela primeira vez desde 2014, por expectativas de uma oferta maior depois que a Opep concordou em relaxar um acordo de cortes na produção e preocupações econômicas.

A Opep disse no relatório que a preocupação sobre as tensões comerciais globais pesaram sobre os preços em julho, apesar de ter esperado suporte vindo do mercado de produtos refinados.

“O desenvolvimento saudável da economia global e o aumento da atividade industrial deve suportar a demanda por combustíveis destilados nos próximos meses, levando a uma redução ainda maior nos estoques de diesel”, disse a organização.

No relatório, a Opep disse que a sua produção de óleo em julho subiu para 32,32 milhões de bpd. Apesar de ser superior à previsão da demanda da sua produção em 2019, isso é uma alta de meros 41 mil bpd em junho, já que os cortes da Arábia Saudita foram compensados por aumentos em outros lugares.

Em julho, a Arábia Saudita informou à Opep que cortou a sua produção em 200 mil bpd, para 10,288 milhões de bpd.

(Por Alex Lawler)

Tradução Redação São Paulo, +5511 5644 7721 REUTERS IM RS

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below