August 14, 2018 / 2:12 PM / in a month

Argentina suspende por 6 meses cortes em taxas de exportação de farelo e óleo de soja

BUENOS AIRES (Reuters) - A Argentina suspendeu seu programa de corte gradual dos impostos sobre a exportação de farelo e óleo de soja por seis meses, disse o ministério do Tesouro em comunicado divulgado nesta terça-feira, em uma medida que faz parte do programa de arrocho fiscal do governo.

Soja armazenada em Carlos Casares, Argentina 16/04/2018 REUTERS/Agustin Marcarian

As exportações de ambos os produtos são tributadas atualmente em 23 por cento, tendo sido gradualmente reduzidas de 32 por cento em 2015, segundo o comunicado.

Até o final de 2019, os impostos de exportação de farelo e soja estarão em 18 por cento, em comparação com os 15 por cento planejados antes da suspensão.

Cortar os impostos de exportação agrícola tem sido uma alta prioridade para o presidente Mauricio Macri, eleito no final de 2015 em uma plataforma de livre mercado.

A economia vem encolhendo e o peso perdeu terreno em relação ao dólar, forçando o país a buscar um acordo de financiamento de 50 bilhões de dólares com o Fundo Monetário Internacional. A redução do déficit é uma parte fundamental do acordo com o FMI.

Por Hugh Bronstein e Hernan Nessi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below