December 14, 2018 / 4:46 PM / in a month

GM inicia notificações de demissões e ofertas de realocação nos EUA

WASHINGTON (Reuters) - A General Motors disse nesta sexta-feira que está começando a enviar notificações para as agências governamentais dos Estados Unidos sobre plano que envolve fechamento de algumas fábricas e milhares de cortes de postos de trabalho.

A maior montadora de veículos dos Estados Unidos disse que 2.800 trabalhadores de quatro fábricas norte-americanas que serão desativadas em 2019 são elegíveis a novos empregos em outras unidades.

A GM informou que possui atualmente 2.700 posições em aberto em sete fábricas em Indiana, Ohio, Kentucky, Michigan, Tennessee e Texas, com cerca de 1 mil dessas vagas abertas em uma fábrica de montagem em Flint, Michigan.

A GM disse que mais de 1.100 funcionários norte-americanos de fábricas que perderam produção já se ofereceram para serem realocados em outra instalação da montadora nos EUA, enquanto 1.200 podem se aposentar.

A montadora disse em novembro que vai fechar cinco fábricas norte-americanas no próximo ano e cortará até 15 mil empregos. A GM está descontinuando a produção de meia dúzia de modelos, citando demanda fraca por sedãs como uma das razões para a necessidade de reestruturação.

Por David Shepardson

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below