September 23, 2019 / 1:43 PM / 2 months ago

Fertilizantes Heringer anuncia acordo que dá controle a grupos Uralkali e Uralchem

SÃO PAULO (Reuters) - A Fertilizantes Heringer informou nesta segunda-feira que, após um aumento de capital, os grupos russos Uralkali e Uralchem serão titulares de ações que representarão o controle da companhia.

Logotipo do grupo russo Uralkali 16/06/2016 REUTERS/Sergei Karpukhin

Segundo acordo anunciado, o controlador da Heringer celebrou carta de intenção vinculante que prevê subscrição de novas ações ordinárias pelos grupos, segundo fato relevante.

Se concretizado, o acordo pode ampliar a competição no mercado brasileiro de fertilizantes, dominado pelas gigantes globais Yara e Mosaic.

O Uralkali é um grupo produtor e exportador de fertilizantes à base de potássio, enquanto Uralchem é produtor e exportador de nitrogênio e fertilizantes complexos.

O Brasil, uma potência agrícola, consumiu um recorde de 35,5 milhões de toneladas de fertilizantes em 2018, tendo importado cerca de 77% do total.

A Heringer, em recuperação judicial, afirmou que o acordo com o acionista controlador, Heringer Participações, prevê subscrição de ações pelos investidores a 2 reais por papel em aumento de capital de até 115 milhões de dólares.

O valor por papel representa um prêmio em relação à cotação de fechamento da última sexta-feira, de 1,90 real. Nesta segunda-feira, as ações da Heringer chegaram a subir 23,68%, na máxima da sessão, a 2,35 reais, antes de entrarem em leilão.

Segundo o fato relevante, os investidores se comprometeram a subscrever a totalidade das ações não subscritas por outros acionistas, em decorrência do exercício de seus respectivos direitos de preferência, e o acionista controlador também cede seus direitos de subscrição.

Dessa forma, o investimento a ser feito pelos investidores será de, no mínimo, 59 milhões de dólares, dependendo do câmbio.

Alternativamente, disse a Heringer, os grupos russos poderiam adquirir ações de emissão da companhia representativas de, pelo menos, 51,5% do capital social votante da companhia de titularidade do acionista controlador, pelo valor de 2 reais por ação e, posteriormente, subscrever ações em aumento de capital da companhia.

Segundo informações do site da Heringer, o controlador detém 51,48% de participação na empresa, enquanto a OCP, do Marrocos, conta com 10%, e a canadense PCS tem 9,5%.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below